quinta-feira, 12 de junho de 2014

Acalanto

Acalanto
No canto da alma
Faz bem para o corpo
Acalma

Levanta e respira pra ver
Respira que o sangue circula
Meu peito não vai se deixar
Abater

Nosso corpo não tá descansado
Esse sangue ta coagulado
Quero beijo quero peito quero pranto
Acalanto

Pra lembrar que meu corpo não foi
Encontrado num canto
Quero beijo quero peito quero pranto
Acalanto

É adeus é adeus é adeus é adeus
(Mas nem tanto!)
Quero beijo quero peito quero pranto
Acalanto

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Ao vencedor, as batatas

Estou fedido

Meu corpo pede afastos de todos
Desgasto a rota dos abraços com desvios
Sem tempo de explicar a paúra,
A podridão, as mãos geladas, mas nem por isso
m o r t a s
Os dentes pútridos e a língua dura
Nada contenta
É somente demasiado
O olhar secou
Não existe movimento interno

O coração ulula sem bater

Existe calor escapando pelas frestas das roupas
Me compadeço do que é merda

Não encontro o trono
Nem a casa de mendigo

Minha casa está na rua
De um lugar que não existe
A não ser em fendas quânticas
Que surgem vez ou outra
Como esta sala que é outra
De oitenta anos atrás
Onde eu era a criança

E hoje sou o morto exposto: campeão!

terça-feira, 10 de junho de 2014

magias

Eu sibilei seu nome:
bo ni ta...

Ficou bonito tudo
A roupa colorida
O dia tava escuro
De repente alvoreceu

Seu nome sibilado
traz lembranças pro mundo
de épocas e tempos
que a memória
era uma coisa viva
do acontece/aconteceu!

E os mortos
não conheciam os ataúdes
E os clássicos eram sonhos que
pairavam pelo mundo
quando um mago sibilava:


...bo ni ta

rei

meu cão rex
tem a mesma angústia que eu:
morrer
e deixar a carne

domingo, 8 de junho de 2014

Poetica II

o poema é esta coisa louca q
ue não se pode ler disseram q
ue são palavras perfeitas embr
ulhadas na ordem perfeita mi
nha mãe não entenderá os Poe
mas que escrevo mas eu sei q
ue minha mãe entenderá os
P
o
e
m
a
s
 que escrevo pois não pode
minha mãe entender os Poe
mas minha mãe entenderá os
poemas que entenderá pois é
minha mãe e poemas são coisas
l
  o
    u
c
  a
    s
que nos es
capam da m
ão e das
 sob
rancelhas que são ar
ranca
das
 quando não conseguimos dormir
e como fazê-lo, percebe?

sábado, 7 de junho de 2014

terça-feira, 3 de junho de 2014

segunda-feira, 2 de junho de 2014