segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

O pássaro

Produzo muitas coisas
em minha imensa mediocridade.
Produzo, entretanto,
coisas que me sublimam de amor.
Como esse pássaro que não voa.

Esse pássaro que não voa,
é feito à minha maneira.
Pensa ser pessoa
só por me amar demais!
Mas não percebe que ele pode,
não percebe - pobrezinho -
não percebe que ele pode
ter o céu dos animais.

Nenhum comentário: