terça-feira, 12 de março de 2013

Cabra porreta

Mas eu sou cabra porreta
E ninguém vai duvidar
Que sou campeão de truco,
botcha, taco e bilhar

Peço suco de graviola
E um naco de pão sovado
danço samba, faço rima
Por São Genésio sou guiado

Não sou gringo, nem sou doido
Sou porreta, só assim
Não sou de contar vantagem
Das nega que vem pra mim

Mas se for preciso, eu falo
De tudo que eu sei falar
Eu não sei falar francês
Sei falar lingua de bar

12/02/12

Nenhum comentário: