terça-feira, 24 de julho de 2012

Quero amar-te, Rosalinda

Meio triste a minha sina
Ora choro, ora sorrio.
Quero amar-te, Rosalinda
Mas meu peito está mais frio

Quero amar-te, Rosalinda
Até morrer na tentativa
(Tão bonita essa menina!)
Mas meu peito está vazio

Ando amando outras moças
N’outro amor, me refugio
Quero amar-te, Rosalinda
Mas meu peito está mais frio

Quero amar-te, Rosalinda
Mas você não cabe em mim
Nosso tempo é de outro tempo
Nosso agora tá no fim.

E não sei como lidar
Pra lhe dar o meu amor
Quero amar-te, Rosalinda
Com um pouco de rancor.

Nenhum comentário: