quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Dos pés até a cachaça

Caindo em passos tortos
me acostumei ao tombo;
Eu paro.
E tombo assim que passo.

Caído elegante.
Dor de cabeça esperta
Aperta, e grita e passa.
Ligeiro e levezinho
o meu corpo já se extende,
com dores e fracassos,
dos pés até a cachaça.