sábado, 25 de setembro de 2010

Ensaio para romance

Existem coisas que não devemos observar. Eu aprendi assim. É engraçado como nos desesperamos frente a uma verdade que nos tira do eixo. O eixo do mundo já inclinado, por que o nosso precisa ser, sempre, tão ereto?


Eu busco pequenas falhas para me sentir mais humano. Menos hermético. É uma sensação de expurgar os males da vida ao se deparar com eles. Depois disso, pra onde você pode ir? É delicioso descobrir a frieira do pé de alguém ou o bafo de uma moça bonita. Isso te leva à loucura. E é a mais deliciosa das drogas.

Isso é dente de cavalo dado.

4 comentários:

Carol disse...

Gostei bastante disso, quero mais!

tha_alonso disse...

olha só o que eu achei aqui! rs Adorei teu canto, vou voltar mais vezes. E aparece no meu tb. (thaalonso.blogspot.com)
Manda um bjo no William por mim, quero mto conhecer a sede de vcs, é tão pertimho de casa...

Nico disse...

Quanta coisa boa, rapaz. Tava selecionando poesias no meu blog, pra mandar pra esses concursos que rolam toda hora, e me deparei com um comentário seu. Imagino que tenha chegado até mim por conta da Beatriz Barros. Fiquei muito feliz com o que disse, de eu te ajudar a se entender melhor. É muito bom poder fazer isso por qualquer pessoa, e meu carinho foi pego de surpresa. E se quer uma sugestão, participe também desses concursos. Quem sabe? Quem faz o que gosta já está na metade da estrada. =)
abraço forte

Bruno Lourenço disse...

Obrigado pelas palavras e pelas dicas, cara.
Fico até meio sem graça. Haha

Abração.