domingo, 18 de julho de 2010

Auto-retrato

Minha vida é um passo torto
É suspiro sufocado
Eu sou de poucas palavras
Mas de muito sentimento
Com o sorriso humilde
E com o olhar bonito
Eu lhe digo; o meu silêncio
É tentativa de grito

Prazer.

Um comentário:

Meire disse...

parece que lhe conheço bem!