sábado, 26 de dezembro de 2009

Novidades censuradas

Começando um momento de renovação que, como sempre, me traz um pouco de medo e ansiedade. Descalço, nesse chão de barro, vou andando com um sorriso no rosto, me sentindo mais um daquela cidade, com a diferença dos meus óculos quadrados.
Todos parecem saber que não sou dali, mas entendem o meu conforto.

São Paulo está um túmulo onde eu celebro (com muito prazer) a minha putrefação.
Que prazer é estar em Itararé!

Nenhum comentário: