sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Devaneios de 00:54

Eu sou assim... Talvez um pouco esquisito. As vezes sinto a necessidade de ser poético.
Tenho medo da solidão, e quando ela vem é o momento em que minha mente mais evolui.
É o lugar onde eu posso chorar para não me acariciarem.

Nós sempre nos desencontramos.
Quem sabe não seja essa a prova de que, em algum momento, nós iremos nos encontrar?

Eu só detesto essa necessidade de não respeitarem o caos da minha tranquilidade.

Estou tranquilo e feliz. Estou como um porco.

Nenhum comentário: